"A fotografia é subversiva,
não quando aterroriza,
perturba ou mesmo estigmatiza,
mas quando é pensativa"
- Roland Barthes